Colaboradores

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Meu tratamento Ayurveda - Parte III

    Como já havia dito, por todos os dias fiz a dieta anti-ama (anti-toxina) com a inserção de uns pozinhos indianos e a manteiga ghee, sempre em jejum. Na primeira semana era Trikatu com mel (tranquilo) e triphala (também tranquilo, eu chamava de meu chá de tijolinho).

     São ervas misturadinhas power! Bom, pelo menos é essa sensação que dá: power! de um trem bem retado!



      Já na segunda semana, que é a fase da oleação interna, tem o panchatikta com ghee, esse... ai ai ai, vc bebe e pá! Fui de canudinho nos primeiros dias, só que a quantidade da manteiga vai aumentando então não tem jeito, bebe isso logo! ui. pá! O intestino flui que eh uma beleza!




          Na terceira semana, começaram as massagens. Muuuito legal.

     A princípio eu ia receber abhyanga e shirodhara, mas em razão dos relatos (e acredito que nas oportunidades que estavam acontecendo), houve a remodulação do tratamento. Viu? Por isso é muito importante você sempre estar em contato com quem está te guinado nessa dieta.

   Ao invés do shirodhara, recebi shiroabhyanga, uma massagem na cabeça muito perfeita!!!! somada a mukhabyanga, massagem no rosto =) Uma coisa muito legal, foi experimentar a massagem no corpo a quatro mãos, tinha a Lala também, uma terapeuta muito linda!





    Gente, essa massagem na cabeça foi uma viagem! ahahah! Muito relaxante!!! Enquanto isso a Lala ia aplicando Reiki. =) Importante deixar claro que pra cada pessoa funciona de um jeito, ...
 
     Bom, nesse periodo eu já conseguia perceber meu pitta bem mais equilibrado. E uma coisa interessante que ocorreu foi eu ter ficado beeem recolhida depois das massagens. Eu tinha a chance de ir pra casa após ser praticamente abduzida (kkkk, brincadeiiira) e sabe o que eu fazia? Dormia! E pra ir trabalhar? Chegava com uma caaara e ficava quieta a tarde toda.

    Ao perceber que isso não estava legal, relatei para a terapeuta que cuidou logo logo de chamar minha atenção para não dormir... e, realmente ao mudar a rotina, percebi a diferença que faz.

      Saudades dessas massagens....

     Passadas as massagens, chegou o dia da expurgação! Que medo! kkkkkk mas foi muito tranquilo! Toma-se o óleo de ricínio e chás e fica o dia todo fazendo atividades leves, sem barulhos e emoção. Chegou uma hora que fiquei de saco cheio, confesso! Nossa, um sábado sem fazer nada? Mas não! A verdade é que se faz muito! Foi um momento de reflexão, indagar o por que disso tudo. Mas não há resposta via oral. Na verdade, a resposta é você mesmo. Como assim? O corpo fala, oras!

    Senti que no Ayurveda o seu corpo te dá as verdadeiras respostas! Foi um momento muito particular, eu comigo mesma avaliando todos esses dias de determinação, de clareza mental, de paz, do quanto me fez bem! Tantas coisas passaram a fluir melhor, a prática do Yoga então.... pura alegria!!! E, agora que já sei o caminho, basta caminhar!

      Reconheço, atualmente - porque já se passaram cerca de três meses - que é difícil sozinha, sem a orientação de alguém. Mas são trocas de hábitos, que são só seus! E lá vem o ego... querendo comer um docinho a noite, fumar um cigarrinho, tomar uma cervejinha, comer uma friturinha, dormir tarde da noite, tomar café com pão, ... e o que vc faz? AGIR com consciência é primordial! Eu converso comigo mesma e me lembro desse caminho lindo que escolhi transitar, e das pessoas de luz que me aconselham a não desistir.

      Quando a gente quer, a gente faz!  Deixo aqui, então, o meu relato de uma experiência com gostinho de quero mais!

      Querida Prof. Ingrid, obrigada por todos os ensinamentos, pelo carinho e dedicação.

      Namastê! =)

http://www.ingridferreira.com/

2 comentários:

  1. Que bacana seu relato e experiência! Tenho alguns livros sobre ayurveda e gosto muito de ler Deepak Chopra.
    Beijos!
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beijo grande! É muito bom, né? fiquei muito feliz de saber que quando quero de verdade eu consigo! pra mim essa foi a melhor lição!

      Excluir